Queda de cabelo

Factos e mitos na luta contra a queda de cabelo

  • O corte de cabelos influencia no crescimento e volume

    MITO

    É um mito muito popular e repetido. O mesmo ocorre com o facto de que o corte dá a impressão de maior beleza e pleno volume dos cabelos. Ocorre que nos livramos das pontas que comumente estão mais danificadas e consistem na parte mais fina do cabelo.

  • A massagem da pele da cabeça age beneficamente na estimulação do crescimento de novos cabelos

    FACTO

    Muitas pessoas banalizam a massagem do couro cabeludo como apoio às ações contra a queda de cabelo e estimulação para a formação de novos fios de cabelo. Nada pode ser tão equivocado. A massagem reforça os cabelos e estimula o fluxo sanguíneo. É uma atividade muito recomendada, ainda mais na aplicação de produtos sobre o couro cabeludo.

  • Queda de cabelo com o bulbo significa calvice?

    MITO

    O ciclo completo de vida do cabelo vai desde a sua formação até à sua queda espontânea e final da fase de repouso. Em cada folículo piloso ocorre três fases: crescimento e total atividade (anágena), involução (catágena) e repouso (telógena). Este ciclo repete-se muitas vezes durante nossa vida. O grânulo branco na base do cabelo, que muitas vezes observamos nos cabelos caídos não consiste em causa de preocupação. Não é o bulbo, como se acredita universalemente, mas sim o 'traseiro' do cabelo.

  • A mudança de estação do ano pode ser acompanhada por grande queda de cabelo.

    FACTO

    É verdade. Frequentemente a mudança de estação do ano traz consigo uma grande queda de cabelos. Por exemplo, na primavera podemos sentir os efeitos de infecções contraídas anteriormente e seus respectivos tratamentos. Além disso, neste período podem surgir défices de vitaminas e microelementos. O outono pode causar falta de estrogênio, que nos meses quentes é secretado intensivamente por causa do sol. Com a mudança de estação de ano, modificam-se os fatores externos que nos rodeam. A queda de dezenas de cabelos por dia é um fenômeno fisiológico. Se mais uma vez observarmos uma queda muito intensa, vale a pena procurar apoio em cosméticos ou suplementação adequada.

  • Lavar seguidamente os cabelos leva a queda de cabelos

    MITO

    Não há nada mais errado. É claro que o uso de cosméticos mal escolhidos e agressivos podem irritar o couro cabeludo, ressecar os cabelos e, como efeito, levar a queda cabelos enfraquecidos. Mas cosméticos bem escolhidos, que cuidam dos cabelos, não somente protegem-nos, como garantem sua aparência saudável e mantém limpo o couro cabeludo. Ainda mais, um couro cabeludo limpo favorece a oxigenação para os folículos pilosos! Para pessoas que sofrem com queda enorme de cabelos, são muito recomendados shampoos contendo biotina, complexos vitamínicos, ferro, extratos vegetais (por ex. proteínas de tremoço branco, proteínas de arroz, broto de bambu, óleo de germe de trigo).

  • Rabo-de-cavalo demasiado apertado pode levar à queda de cabelo

    FACTO

    Não é uma vez que o cabelo amarrado num rabo-de-cavalo apertado que vai provocar a sua queda. Mas se for este o nosso penteado preferido, como um 'rabo' ou trança apertada, ou mesmo modelar, puxando-os com a escova, vamos enfraquecendo-os gradualmente. A tensão frequente causa a perda da fase de repouso (telógena) e consequente queda. Em tais situações, os cabelos comumente começam a cair na testa e sobre as orelhas, passando depois nas demais partes. Se verificarmos um aumento da queda de cabelo, é importante deixar de lado penteados apertados e preferir os soltos. Vale a pena dar aos cabelos enfraquecidos um tratamento intensivo, para fortalece-los e estimular o surgimento de novos.